fbpx

Quais são as melhores iscas digitais para gerar leads para o seu email marketing?

melhores iscas para gerar leads para o email marketing

Quais são as melhores iscas digitais para gerar leads para o seu email marketing?

Texto produzido baseado nos dados da pesquisa “Best lead magnets study“, da GetResponse, julho 2020

Gerar leads para o seu email marketing é fundamental para o bom funcionamento do seu negócio.

Gerar leads para o email marketing (e o negócio em geral) é considerado um dos grandes desafios do marketing digital. Perguntas clássicas como “como vou enviar email marketing se não tenho uma lista de emails?” se repetem todo o tempo.

Se o seu objetivo é a geração de leads, você sabe que uma das melhores maneiras de obter informações de contato de seu público é oferecer algo em troca.

Essas trocas são conhecidas como iscas digitais: atualização de conteúdo em blogs, conteúdos grátis (preemium ou freemium – se você não sabe a diferença, clique aqui!), ou um incentivo de opt-in, como acesso a ebooks, cursos livres, etc. Alguns marqueteiros simplesmente chamam isso de marketing de conteúdo.

Essas iscas, como você pode ver, vêm em todos os formatos e formas. Mas elas são igualmente eficazes para a geração de leads? É uma pergunta que temos feito a nós mesmos, mas não conseguimos encontrar nenhum dado que nos ajude a dar respostas.

Por essa razão, a GetResponse dediciu realizar um estudo que ajudaria a entender que tipos de iscas de leads funcionam melhor.

Os resultados dessa pesquisa levaram em consideração respostas de quase 800 profissionais de marketing.

Afinal, quais são as iscas digitais mais eficazes para geração de leads?

Segundo a pesquisa, 47% dos participantes respondeu que iscas de vídeo e texto são as melhores para opt-in.

Que tipos de iscas digitais geram maiores taxas de conversão?

Como pudemos ver nos resultados da pesquisa, as iscas digitais campeãs para geração de leads são mesmo o vídeo (24,2%) e o texto (11,8%). Estes resultados são seguidos de Visual (quaisquer conteúdos gráficos), com 11,8%, Ferramentas ou acesso a alguma coisa (como cursos), também com 11,8%.

Menos é mais. Invista em conteúdos mais curtos.

Nós vimos que vídeos e textos são os tipos de iscas mais interessantes. Porém, há um detalhe importante: tratam-se de conteúdos curtos! 41,4% afirmaram que seus melhores resultados foram originados por vídeos e textos de curta duração.

Se estivermos falando de vídeos, 73% dos pesquisados disseram que são os curtos aqueles que geram mais resultados de geração de Leads.

Qual é o tipo de vídeo que funciona melhor como isca digital? Longo ou curto?

E de que tratam estes vídeos? Clipes, pequenos tutoriais ou exemplos em vídeo.

Os vídeos longos são, justamente, os webinários ou conferências online. Portanto, cuidado. Tenha sempre em mente o seu público-alvo.

No caso dos textos, os curtos também venceram – com 58,6% dos respondentes. Porém, aqui a diferença não foi tão significativa, já que os textos longos contaram com 41,4% da preferência dos profissionais de marketing para a geração de leads.

Qual é o tipo de texto que funciona melhor como isca digital?

Entre os tipos de textos curtos que podemos citar estão as newsletters, whitepapers, checklists. Os tipos de textos longos são os ebooks, pesquisas, etc.

Aqui concluímos que justamente aqueles tipos de conteúdos que exigem mais recursos (humanos, tempo, etc) são exatamente aqueles que contam com menor preferência. É claro, não estamos incentivando você a não produzí-los (já que eles são responsáveis por boa parte da sua reputação), mas a dar a devida atenção aos conteúdos de curta duração.

Ainda assim, qual é o tipo de vídeo longo mais eficaz?

Por exemplo, se falarmos dos tipos de vídeos longos que trazem melhores resultados em geração de leads, os webinários continuam campeões, com 70,2% da preferência:

Que tipo de vídeo longo gera mais leads?

Portanto, não ignore os webinários. Continue com estratégias de divulgação e comarketing para seminários e conferências online. Embora exijam mais comprometimento com o conteúdo, ainda assim são excelentes para a geração de leads.

O segredo está na qualidade do lead

O objetivo do estudo é apontar caminhos. Não é fazer você abandonar seus conteúdos longos. Ao contrário, trata-se de valorizar os tipos de conteúdos.

Conteúdos mais longos como os webinários e conferências online podem gerar menos leads, porém geram leads de maior qualidade. Saiba avaliar para quem se destina o seu conteúdo e o momento do funil de vendas. Conteúdos de texto mais longos, como pesquisas, também são excelentes para leads de melhor qualidade. Você dedica mais tempo e recursos, mas obtém leads mais bem qualificados.

Os resultados completos da pesquisa, inclusive com gráficos por tamanho da empresa e segmento de negócio, podem ser encontrados no blog da GetResponse.

Depois desse trabalhão todo, não vá falhar na hora do envio. Siga estes nossos conselhos para escolher corretamente o sua ferramenta de email marketing.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *