fbpx

Email marketing para iniciantes – guia rápido

Email marketing para iniciantes – guia rápido

Como fazer e-mail marketing? Muita gente ouve falar em email marketing, até sabe que dá muito resultado mas, na prática são poucos aqueles que sabem realmente o que é o email marketing e como utilizá-lo com eficácia.

guia rápido para fazer email marketing

A questão é que o e-mail marketing engloba uma série de tipos de mensagens de correio eletrônico: mensagens meramente informativas, automatizadas, promocionais e, só então, as mensagens de vendas. SIM, email marketing não são apenas emails para vender coisas.

Neste breve guia, você verá o que é o email marketing e os principais fundamentos para começar a planejar as suas campanhas.

O que você vai ver:

O que é email marketing?

O email marketing nada mais é do que ações de marketing direto realizadas através do canal correio eletrônico, ou e-mail. 

É uma maneira de promover negócios, seus produtos ou serviços e se relacionar com seus leads, prospects e clientes. 

O mais importante aqui é respeitar 3 aspectos fundamentais:

  • Segmentação: o email marketing é parte de uma estratégia de marketing direto, isto é, exige que o público-alvo da ação seja bem escolhido e direcionado. Não adianta enviar todas as suas campanhas para todos os seus assinantes. É importante definir quem é realmente o interessado naquele conteúdo;
  • Permissão: e-mail marketing é parte de estratégia de marketing de permissão, ou seja, exige que os destinatários tenham solicitado e autorizado o envio de mensagens dessa natureza (principalmente em respeito à Lei Geral de Proteção de Dados);
  • Propósito: “e-mail é um meio” –  é o que sempre dizemos nas aulas do nosso Curso Completo de E-mail Marketing. Isso quer dizer que não basta enviar um email e esperar que ele “venda por você”. Não é assim que funciona. Existem vários tipos de emails e maneiras de abordar os destinatários em vários momentos do funil de vendas, seja para se relacionar,

Quando começou o email?

O primeiro email foi enviado em 1971 por um engenheiro chamado Ray Tomlinson. Ali, se iniciava uma nova era na comunicação. Foi naquela mensagem que começamos a utilizar o símbolo @ (arroba) em um endereço.

ray tomlinson - o enviador do primeiro email
Ray Tomlinson: o enviador do primeiro email de todos.

O email como ferramenta de comunicação começou realmente a ter adesão nos anos 90, quando a internet passou a ser comercialmente disponível. A comunicação entre as pessoas começou a ficar mais fácil e os profissionais de marketing entenderam que o email poderia ser uma maneira muito efetiva de anunciar.

Como o uso do email com esta finalidade começou a crescer rapidamente, foram necessários alguns marcos regulatórios, como aquele que obrigava as mensagens a contar com um link de descadastro.

O primeiro email marketing ou o primeiro spam?

Embora só tenha começado a ter grande adesão nos anos 90, nós podemos dizer que o primeiro email marketing foi enviado em 1978. Um gerente de marketing chamado Gary Thuerk usou o email para informar a uma pequena lista de pessoas sobre um novo produto. Não eram mais do que 400 endereços (um monte para a época), e essa operação resultou em cerca de US$ 13 milhões em vendas!!! Na verdade, há quem defenda que ele foi o pai do spam, pois este teria sido o primeiro envio de mensagens não solicitadas na história.

o primeiro spam
O conteúdo do primeiro ’email marketing’ de todos: a controvérsia é que, na verdade, ele foi o primeiro SPAM!

Quais são os benefícios do email marketing

Mídia com maior ROI do mercado digital

Segundo o “State of Email Marketing in 2020” da Hubspot, o ROI (return of investment) do e-mail marketing é de $38 para cada $1 investidos, o que significa um ROI de 3.800%!

É muito desafiador encontrar alguma mídia que possua um retorno de investimento tão incrível.

Mas, atenção: esse número é o benchmark do mercado. Em outras palavras, ele é uma referência de qualiade. Existem empresas que possuem ROI ainda mais alto (já vimos casos de ROI de 5.400%) e outras cujo ROI é mais baixo (cerca de 200%). Isso não quer dizer que seja bom ou ruim. ROI positivo é lucro!

Como saber se o meu ROI é bom?

Você pode usar duas maneiras: 

  • se possui histórico de outras ações: compare os resultados anteriores com os resultados atuais. Por exemplo, se o seu ROI era de 200%, não planeje um ROI (pelo menos agora) de 2.000%! Pense em ROI de 300%, 400%. Planejamento exige que metas sejam realizáveis! Incrementos desafiadores, mas atingíveis;
  • se NÃO possui histórico de outras ações: neste caso, você pode buscar saber qual é o ROI médio do seu mercado de atuação, estipular um ROI baseado em projeções (realistas) de vendas ou usar o benchmark como meta.

Como medir o ROI do email marketing?

O retorno do investimento das ações de email marketing pode ser calculado de uma maneira muito simples:

(LUCRO / INVESTIMENTO) X 100

Lucro é o valor recebido pelas vendas, menos o valor investido.

como calcular o ROI do email marketing

Você deve levar em consideração todos os investimentos que precisou fazer para aquela ação acontecer, como:

  • Custo da plataforma de envio (pode ser pro-rata da campanha);
  • Custo da agência que preparou a campanha (ou valor-hora do profissional que planejou a ação);
  • Eventual compra de temas de emails;
  • Entre outros

Some todos esses valores para determinar qual foi o seu investimento na ação (ou grupo de ações).

Baixo custo

Comparativamente com todas as demais mídias digitais, o email marketing é, de longe, aquela com o custo mais acessível. É barato contratar, manter e realizar as suas ações.

Há ainda muitas pessoas que buscam “Email marketing grátis”. Sabemos que há plataformas de email marketing que oferecem planos gratuitos, mas ainda que haja aquelas que não sejam gratuitas, inúmeras plataformas oferecem valores muito competitivos.

O importante é saber escolher a melhor plataforma que atenda às suas necessidades. O que você precisa buscar em uma plataforma de email marketing? Veja nesse vídeo algumas dica valiosas.

Interatividade

Sua campanha de e-mail marketing permite que os destinatários interajam de maneira livre, fazendo diversas ações, como:

  • Encaminhar os emails;
  • Responder os emails;
  • Acionar links diversos para destinos diversos;
  • Ler seus conteúdos em vários dispositivos (PCs, Notebooks, Smartphones, Tablets, Smart TVs, etc)

Métricas precisas

Outra excelente vantagem do email marketing está nas suas métricas.

Como você sabe exatamente quem foi que recebeu o seu e-mail, sabe também exatamente o que cada um dos seus destinatários fez, onde fez, quando fez, etc.

Métricas do email marketing
Existem inúmeras métricas que podem ser obtidas no email marketing

Alguns exemplos de métricas que você pode ter acesso (dependendo da ferramenta de email marketing que utilize):

  • Taxa de abertura
  • Destinatários que abriram (individualmente)
  • Horário de abertura
  • Dispositivo de leitura (onde o email foi lido)
  • Taxa de cliques por link
  • Mapa de calor da peça de email

Facilidade de uso

Todas as ferramentas de e-mail marketing, gratuitas ou não, possuem mecanismos que facilitam o dia-a-dia do usuário de maneira muito intuitiva.

Um dos mecanismos mais interessantes que podemos citar é o editor arrasta-e-solta (drag’n drop) como também são conhecidos.

editor criação email
Editor de email do tipo “Arrasta e solta” (Drag’n drop)

Com eles, sem a necessidade de qualquer conhecimento em programação, é possível criar uma peça de email marketing com textos, links e imagens.

Essas ferramentas também possuem sistemas de gestão de contatos e filtros para facilitar a segmentação dos seus envios.

Super personalizável

Personalizar um e-mail vai muito além de dizer “Olá, ‘fulana’.”

Tudo é personalizável no email marketing: textos, imagens, links, ofertas, etc.

É possível enviar uma campanha de email com milhares de destinatários e cada um deles receber um email completamente diferente.

Esses conteúdos ajudam muito a aproximar os leitores, geram engajamento, promovem altas taxas de abertura e cliques e colaboram para a entregabilidade (a capacidade de entregar emails na caixa de entrada) dos provedores.

Automação em todos os níveis

É possível automatizar todas as suas ações de email marketing. E essas automações servem para facilitar o seu dia-a-dia (sem precisar se preocupar com todos os envios de email), além de permitir ações “trigger-based”, ou seja, emails enviados baseados em gatilhos, como hiperlinks ou ações em landing pages ou sistemas.

Alguns tipos de automações:

  • Automação de conteúdo: emails sequenciais com conteúdo pré-definido, como notícias, fluxos de ofertas, etc;
  • Automação de transação: emails enviados a partir de uma transação, como fechamento de uma venda, inscrição em algum evento;
  • Automação de recuperação de carrinhos: emails enviados para lembrar de um ou mais produtos inseridos em um carrinho de compras que não foi concluído;
  • Automação de ofertas: emails enviados com ofertas baseadas na sua navegação ou pesquisas realizadas em um site de vendas;
automação de email marketing
Uma automação de emails muito interessante. Planejar é o segredo.

Por que o email marketing é importante para o seu negócio

Como dissemos, o email marketing possui o maior ROI (retorno do investimento) do mercado de marketing digital. Além disso, a maioria dos gerentes de marketing destinam boa parte de seus esforços para esta mídia.

Como o email marketing oferece uma excelente flexibilidade, você não precisa ficar preso somente às campanhas de vendas, mas oferecer conteúdos e relacionamentos para todos os momentos do seu inbound marketing:

Campanhas de conteúdo

São campanhas de email cujo conteúdo visa informar os destinatários sobre diversos temas ou mantê-los atualizados de novidades e notícias.

Esse tipo de email é muito bom para estabelecer autoridade e fomentar novas vendas futuras e até aumentar o seu ticket médio de vendas.

Campanhas automatizadas

São campanhas de email acionadas automaticamente pela plataforma de email marketing, como:

  • Campanhas de aniversário
  • Lembrete de pagamentos
  • Recuperação de senha
  • E-mails de boas vindas
  • E-mails de régua de relacionamento
  • E-mails de newsletter automática

Campanhas de vendas

Esses emails são os mais populares no email marketing. Em sua maioria, oferecem um ou mais produtos para venda. Também podem contar com o oferecimento de serviços, como agendamento de aulas ou tratamentos e também a venda de cursos e inscrições em eventos.

Campanhas promocionais

Confundidos muitos vezes com os emails de vendas, as campanhas de emails promocionais visam, na verdade, promover (promocionar) alguma coisa ou evento. 

A promoção pode ser de um evento que irá acontecer, mesmo no ambiente offline, ou para promover acessos a um determinado site. As estratégias possíveis são inúmeras.

Como fazer email marketing?

O que é preciso para fazer email marketing com sucesso?

Estratégia

Planejamento

A diferença do e-mail marketing em relação aos demais canais de marketing digital é que, diferentemente deles, essa mídia trabalha com diversas plataformas. Já em canais como o Facebook, Instagram, etc, você trabalha somente naquela plataforma.

No caso do e-mail, você utiliza uma plataforma (enviadora) para se comunicar com dezenas, senão centenas ou milhares de provedores, como Gmail, Yahoo, Outlook.com, etc. Cada um desses provedores possui suas próprias regras.

Também são muitos os dispositivos onde esses emails podem ser lidos. O layout dos seus emails também colabora muito com os seus resultados. Pense atentamente na linha de assunto e nos elementos internos do email para que possam ser facilmente visualizados em qualquer dispositivo.

Muitos também são os emails enviados todos os dias para os mesmos destinatários que você pretende atingir. Portanto, é preciso saber exatamente quando enviar (para não perder audiência), o que enviar (para não falhar na relevância e engajamento), por quê enviar (para não errar no propósito e frequência), e de que maneira enviar os seus emails (para não sofrer bloqueios e blacklisting).

Construção e Segmentação de listas

“Não compre listas de emails” é a orientação mais ouvida no mercado de email marketing (até porque implica em problemas com a Lei Geral de Proteção de Dados).

Mas, se não é possível comprar, como conseguir e-mails? Bom, aí será necessário um trabalho de marketing de conteúdo e inbound marketing de maneira a obter a atenção do seu público, que irá se inscrever para receber os seus conteúdos.

Essa processo de construção (online e offline) precisa ser planejado para que você obtenha todas as informações da melhor maneira possível e com a melhor qualidade.

A quantidade de dados solicitados também é importante, já que são eles que permitirão, em um primeiro momento, fazer personalizações de layout e segmentações mais inteligentes para o seus envios.

Compreensão do mercado

O mercado de email é muito recompensador, mas também é complexo nas suas relações. É preciso entender que cada provedor (gmail, yahoo, etc) possui suas próprias regras é fundamental.

Você precisa entender, entre outras coisas, que:

  • falha de entrega e bloqueio não são a mesma coisa;
  • entregar um email não significa que ele foi para a caixa de entrada;
  • que entregar na caixa de spam ou lixo eletrônico não é bloqueio;
  • que não há mágica ou software que resolva esse problema – é preciso se adequar às regras de entregabilidade;
  • entregar um email não significa que ele será lido;
  • um email lido não necessariamente será clicado;
  • você pode ser incluído em uma lista de bloqueio;
  • entre outras coisas;

Recursos

Saiba eleger adequadamente os recursos necessários para fazer o seu email marketing:

  • Ferramenta de envio com as funcionalidade que agreguem ao seu dia-a-dia
  • Equipe devidamente bem informada sobre como fazer email marketing
  • Bons bancos de imagens e copywriting adequado ao seu negócio e público

Se você tem interesse em saber TUDO sobre email marketing, a gente convida você a fazer o nosso “Curso Completo de Email Marketing”. Se, antes, quiser fazer uma aula grátis, é só clicar aqui!

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *